180
Duroxite 300
Logotipo do Duroxite

Duroxite® 300

O Duroxite® 300 é um revestimento de liga de aço à base de ferro depositado sobre aço convencional. Ele foi projetado para enfrentar desgaste por deslizamento extremamente intenso, em ambientes abrasivos secos e molhados (lama).

O revestimento é o único que contém um alto volume de borocarbonetos ultrafinos, com um tamanho de grão refinado de até 500 nm. Os borocarbonetos são completamente colocados ao contato com líquido em uma matriz dúctil, resultando em um produto com vida útil significativamente maior, capaz de manter alta tenacidade em aplicações de desgaste por deslizamento extremo. O Duroxite® 300 é uma excelente alternativa para os revestimentos de carboneto de tungstênio. 

Principais vantagens

Extrema resistência ao desgaste em ambientes abrasivos secos e húmidos com um alto grau de tenacidade
Alternativa econômica ao carboneto de tungstênio, com vida útil equivalente e melhor resistência ao impacto
A espessura do revestimento é reduzida em comparação com os revestimentos tradicionais, resultando em um produto mais leve e com maior vida útil
Absorve 25% mais energia de impacto do que as chapas tradicionais com revestimento de cromo, conforme medido por testes de laboratório de alto impacto contínuo
Possui dureza de espessura uniforme de 67 a 70 HRC para revestimentos de camada única e múltipla. Mantém uma alta dureza de aproximadamente 60 HRC após a exposição a altas temperaturas de até 600 °C)
Mantém uma resistência ao desgaste consistente, desde a superfície até 75% do revestimento.


Aplicações típicas

O Duroxite® 300 é adequado para uso nas indústrias de mineração, cimento, areias betuminosas, produção de aço e várias outras. São algumas das aplicações específicas:

Mineração: Rolos trituradores, revestimentos de caçambas, tubos e bombas de lama, correntes de esteiras transportadoras, revestimentos de caçambas de escavação
Cimento: Pás de ventiladores, pás de defletores, guindastes de demolição
Areias betuminosas: Silos vibratórios, rampas de alimentação, tubos e bombas de lama
Aço: Calhas para minério
Energia: Sem-fim helicoidais, chapas com revestimento contra desgaste, revestimentos de equipamentos que lidam com cinzas
Agricultura: Martelos para descascar grãos, facas de moinho de açúcar, arados horizontais
Petróleo e gás: Bombas misturadoras para fraturação
Construção: Sapatas de limpa-neves, ferramentas de demolição

Duroxite® 300

Duroxite® 300

Espessuras convencionais de revestimento

  Tamanhos convencionais da chapa
 
 Passe único  Passes duplos
 Unidade métrica Unidade imperial  Unidade métrica  Unidade imperial  Unidade métrica  Unidade imperial
 3 mm em 6 mm  1/8’’ em 1/4’’  6 mm em 6 mm   1/4’’ em 1/4’’    
     6 mm em 8 mm   1/4’’ em 5/16’’  1,2 m x 2,4 m 4’ x 8’
     6 mm em 10 mm  1/4’’ em 3/8’’   1,5 m x 3,0 m   5’ x 10’ 
     6 mm em 12 mm   1/4’’ em 1/2’’  1,8 m x 3,0 m  6’ x 10’

Diâmetros sob medida e outros tamanhos de chapas estão disponíveis mediante solicitação. 

 


Dureza da superfície

Número de passes de revestimento  Dureza de massa típica da superfície 1)
 Passes simples e duplos  67 a 70 HRC (925 a 1 075 HV)
1) A dureza da superfície é medida em uma superfície plana usinada, logo abaixo da superfície do revestimento.
 
 Número de passes de revestimento          ASTM G65 – Procedimento A, perda de peso2)
 Superfície            Profundidade de 75% do revestimento3)
 Passe único   0,10 g  0,10 g
 Dois passos   0,07 g  0,07 g

2) O ASTM G65 é o teste padrão que abrange os procedimentos laboratoriais para determinação da resistência à abrasão de materiais metálicos por meio do teste de areia seca/roda de borracha.  O Procedimento A da norma ASTM G65 é o método de teste mais rigoroso.

3) O teste de desgaste ASTM G65 é conduzido a 75 % da profundidade dos materiais de revestimento, para garantir consistentemente uma boa resistência ao desgaste, desde a superfície superior até a profundidade de 75 % do revestimento.

O revestimento Duroxite® 300 contém uma fase de borocarbonetos complexos ultrafinos, de até aproximadamente 500 nm em uma matriz dúctil.   A fração de volume típica de borocarbonetos é mantida entre 60 a 70% para formar uma matriz rígida uniforme. A análise SEM (Microscopió  Eletrônico de Varredura) / EDS (Espectrometria Dispersiva de Energia) do revestimento Duroxite® 300 confirma que os borocarbonetos refinados  são borocarbonetos ricos em tungstênio, nióbio e molibdênio, bem como carbonetos ricos em cromo dispersos em uma matriz à base de ferro. Os borocarbonetos ultrafinos são aproximadamente 200 vezes mais finos do que os carbonetos de cromo tradicionais.

 

A microestrutura do Duroxite 101     

Espessura 

As tolerâncias de espessura gerais e do revestimento podem ser garantidas em ±10% da espessura especificada. 

Planicidade

A tolerância de planicidade da chapa pode ser garantida em ±3 mm (±1/8”) em uma chapa de 1.5 m (5’) comprimento, no caso de dimensões de chapa iguais ou menores  que 1,5 m (5’) x 3,0 m (10’). No caso de chapas com largura maior que 1,5 m (5’) por 3,0 m (10’) de comprimento, a tolerância de placa da chapa pode ser garantida entre ±25 mm (±1”).

 

 

O Duroxite® 300 é fornecido na condição já soldada.

Solda, corte, conformação e usinagem

Podem ser encontradas recomendações no catálogo de produtos Duroxite® ou, caso deseje mais informações, consulte o suporte técnico de sua região.

Abaixo encontram-se recomendações de conformação para o Duroxite® 300.